Blog Orca Contabilidade


Publicado em: 16 de setembro de 2019

Saiba se sua empresa pode ser excluída do Simples Nacional

Instituída através da Lei Complementar 123/2006, o Simples Nacional é uma forma simplificada de tributação que visa ajudar e agilizar a cobrança de impostos de microempresas e empresas de pequeno porte no Brasil.

Para a manutenção deste modelo tributário, no entanto, as empresas precisam estar regular em relação às regras estabelecidas na Seção VIII – DA EXCLUSÃO DO SIMPLES NACIONAL da lei.
Neste mês de setembro de 2019, foi divulgado no Diário Oficial da União que empresas foram excluídas do Simples Nacional por não obedecerem o inciso IX do artigo 29 da lei que estabele que as empresas não podem apresentar valor de despesas pagas superior a 20% de seu faturamento.
 
Efeitos da exclusão
 
Os efeitos da exclusão ocorrerão a partir do período que ocorreu a irregularidade, impedindo a opção pelo Simples Nacional pelos 3 (três) anos-calendário seguintes, conforme dispõe o inciso IV do art. 84, da Resolução CGSN nº 140, de 2018.
 
Para saber mais sobre o assunto veja o artigo de Anderson Possebon abaixo ⬇ ou acesse a Lei Complementar 23/2016 aqui.

 

Situações de Exclusão do Simples Nacional

 

1. Introdução

A pessoa jurídica que utilizar a opção tributária do Simples Nacional regido pela Lei Complementar 123/2006, Resolução CGSN 94/2011 e suas alterações deve observar as condições impeditivas para aderir a esta forma de tributação. Mesmo após o benefício concedido deverá ter ciência das situações que possam excluí-la desta forma de tributação.

 

Trataremos a seguir as situações que podem excluir uma empresa tributa no Simples Nacional.

 

2. Exclusão do Simples Nacional por excesso de faturamento

Entre os impedimentos para o Simples Nacional está o excesso de faturamento. O limite de faturamento para permanecer nesta forma de tributação é de R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais) para empresas constituídas em anos anteriores ou para empresas com início no próprio ano calendário o limite será de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) multiplicados pelo número de meses entre sua constituição e final do ano calendário.

2.1. Exclusão para empresas constituídas em anos anteriores

A empresa que durante o ano-calendário ultrapassar o limite de R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais) deverá majorar sua alíquota em 20% e recolher nesta forma até o final do ano calendário.

Exemplo: se a ultima alíquota era 10% passa a ser 12% (majorada em 20%). A partir de janeiro do ano-calendário seguinte a empresa deve verificar outra forma de tributação em que melhor se enquadre, ou seja, Lucro Real ou Lucro Presumido.

2.2. Exclusão para empresas constituídas no próprio ano calendário

Para empresa constituída no próprio ano-calendário o limite a ser verificado é R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) multiplicados pelo número de meses compreendidos entre o início de atividade e o final do ano-calendário, considerando fração de mês como um mês inteiro. Não retroagirá a exclusão ao início de suas atividades se o excesso verificado em relação a receita bruta não for superior a 20% (vinte por cento) dos respectivos limites, hipótese em que os efeitos da exclusão dar-se-ão no ano calendário subsequente.

 

3. Exclusão por Atividades

A Lei Complementar 123/2006 (com alterações da Lei Complementar 139/2011) cita como impedimento a esta forma de tributação, o desenvolvimento de atividades de banco comercial, de investimentos e desenvolvimentos, de caixa econômica, de sociedades de crédito, financiamento e investimentos ou de crédito imobiliário, de corretora ou distribuidora de títulos, de valores mobiliários e câmbio, de empresa de arrendamento mercantil, seguros privados e de capitalização ou de previdência complementar.

Outras atividades também impeditivas estão classificadas na Resolução CGSN 94/2011.

A pessoa jurídica a qual tenha como atividade principal ou secundária alguma das atividades da Lei Complementar ou Resolução citada, não poderá aderira tributação na forma do Simples Nacional. Quando já tributada no Simples Nacional e em alteração contratual incluir alguma dessas atividades deverá proceder da seguinte forma:

Informar sobre o fato impeditivo à Receita Federal, obrigatoriamente até o último dia útil do mês subsequente ao da ocorrência da situação da vedação. A exclusão produzirá efeitos a partir do mês seguinte ao da ocorrência da situação impeditiva.

 

4. Exclusão por sócio Pessoa Jurídica

O quadro societário de empresa tributada no Simples Nacional não pode ser composto por outra pessoa jurídica. Quando a pessoa jurídica estiver nesta condição não poderá optar por esta forma de tributação, porém se já estiver assim tributada e alterar sua quadro societário, deverá ser excluída do Simples Nacional.

Empresa tributada no Simples Nacional também não pode participar do quadro societário de outra pessoa jurídica.

Quando a empresa se enquadrar nesta situação deve informar sobre a exclusão à Receita Federal até o ultimo dia útil do mês subsequente ao da ocorrência da situação de vedação. Os efeitos da exclusão devem ser considerados a partir do mês seguinte ao da ocorrência da situação impeditiva (Inciso IV Art. 6. da Resolução CGSN 15/2007).

 

5. Empresa com Débitos

A pessoa jurídica no ato da solicitação do Simples Nacional não poderá apresentar débitos com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ou com as Fazendas Públicas Federal, Estadual ou Municipal, cuja exigibilidade não esteja suspensa. O fato de haver débitos pendentes é uma questão que pode excluir a empresa deste regime de tributação.

 

6. Impedimentos condicionados a participação de sócios

Será questão de impedimento ao ingresso ou situação de exclusão no Simples Nacional a pessoa jurídica que:

I – Cujo capital participe pessoa física que seja inscrita como empresário ou seja sócia de outra empresa que receba tratamento jurídico diferenciado nos termos da Lei Complementar nº 123, de 2006, desde que a receita bruta global ultrapasse o limite de R$ 3.600.000,00;

II – Cujo titular ou sócio participe com mais de 10% (dez por cento) do capital de outra empresa não beneficiada pela Lei Complementar nº 123, de 2006, desde que a receita bruta global ultrapasse o limite de R$ 3.600.000,00;

III – Cujo sócio ou titular seja administrador ou equiparado de outra pessoa jurídica com fins lucrativos, desde que a receita bruta global ultrapasse o limite de R$ 3.600.000,00;

IV – Que tenha sócio domiciliado no exterior;

 

7. Exclusão por Ofício

A exclusão do Simples Nacional por ofício ocorrerá nas seguintes hipóteses:

I – verificada a falta de comunicação de exclusão obrigatória;

II – for oferecido embaraço à fiscalização, caracterizado pela negativa não justificada de exibição de livros e documentos a que estiverem obrigadas, bem como pelo não fornecimento de informações sobre bens, movimentação financeira, negócio ou atividade que estiverem intimadas a apresentar, e nas demais hipóteses que autorizam a requisição de auxílio da força pública;

III – for oferecida resistência à fiscalização, caracterizada pela negativa de acesso ao estabelecimento, ao domicílio fiscal ou a qualquer outro local onde desenvolvam suas atividades ou se encontrem bens de sua propriedade;

IV – a sua constituição ocorrer por interpostas pessoas;

V – tiver sido constatada prática reiterada de infração;

VI – a ME ou a EPP for declarada inapta;

VII – comercializar mercadorias objeto de contrabando ou descaminho;

VIII – houver falta de escrituração do livro-caixa ou não permitir a identificação da movimentação financeira, inclusive bancária;

IX – for constatado que durante o ano-calendário o valor das despesas pagas supera em 20% (vinte por cento) o valor de ingressos de recursos no mesmo período, excluído o ano de início de atividade;

X – for constatado que durante o ano-calendário o valor das aquisições de mercadorias para comercialização ou industrialização, ressalvadas hipóteses justificadas de aumento de estoque, for superior a 80% (oitenta por cento) dos ingressos de recursos no mesmo período, excluído o ano de início de atividade.

XI – for constatado, quando do ingresso no Regime do Simples Nacional, que a ME ou a EPP incorria em alguma das hipóteses de vedação;

XII – for constatada declaração inverídica prestada;

XIII – não emitir documento fiscal de venda ou prestação de serviço;

XIV – omitir da folha de pagamento da empresa ou de documento de informações previsto pela legislação previdenciária, trabalhista ou tributária, segurado empregado, trabalhador avulso ou contribuinte individual que lhe preste serviço.

XV – houver descumprimento, no caso dos escritórios de serviços contábeis, das obrigações de promover atendimento gratuito relativo à inscrição e à primeira declaração anual simplificada do micro empreendedor individual.

 

8. Outras situações que Condicionam a Pessoa Jurídica como Impeditiva

I – A empresa quando resultante ou remanescente de cisão ou qualquer outra forma de desmembramento de pessoa jurídica que tenha ocorrido em um dos 5 (cinco) anos-calendário anteriores;

II – constituída sob a forma de sociedade por ações.

III – que tenha por finalidade a prestação de serviços decorrentes do exercício de atividade intelectual, de natureza técnica, científica, desportiva, artística ou cultural, que constitua profissão regulamentada ou não, bem como a que preste serviços de instrutor, de corretor, de despachante ou de qualquer tipo de intermediação de negócios;

IV – que realize cessão ou locação de mão-de-obra;

V – que realize atividade de consultoria;

VI – que se dedique ao loteamento e à incorporação de imóveis.

VII – que realize atividade de locação de imóveis próprios, exceto quando se referir a prestação de serviços tributados pelo ISS.

 

Tão importante quanto atender as normas para aderir, é atender as normas para permanecer no Simples Nacional.

 

Elaborado por: Anderson Possebon. Contador e Consultor Tributário.


Posts Recentes


Publicado em: 10 de julho de 2020

Portaria fixa desconto de até 70% para pagamento de dívidas

A Advocacia-Geral da União (AGU) publicou no Diário Oficial da União (DOU) uma portaria regulamentando a negociação das dívidas tributárias entre a Administração Pública e pessoas físicas ou jurídicas com créditos considerados irrecuperáveis ou de difícil recuperação. A norma possibilitará a negociação com descontos de até 70% e parcelamentos em até 145 meses. A transação por proposta

continue lendo

Publicado em: 7 de julho de 2020

Publicada lei que cria o programa de manutenção do emprego e renda

O Diário Oficial da União de hoje (7) traz a publicação da Lei nº 14.020/2020, que instituiu o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda, como forma de diminuir os efeitos econômicos e sociais causados pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). O texto, sancionado com vetos pelo presidente Jair Bolsonaro, teve como base a Medida Provisória 936, editada no início

continue lendo

Publicado em: 6 de julho de 2020

Caixa deposita saque emergencial do FGTS para nascidos em fevereiro

Caixa inicia, nesta segunda-feira (6), o pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), para trabalhadores nascidos em fevereiro. O novo saque tem como objetivo enfrentar o estado de calamidade pública em razão da pandemia da covid-19. No total, serão liberados, de acordo com todo o calendário, mais de R$ 37,8 bilhões,

continue lendo

Publicado em: 3 de julho de 2020

Redução do IOF sobre crédito é prorrogada por 90 dias

A redução a zero do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) cobrado em operações de crédito foi estendida por 90 dias. A prorrogação consta do Decreto 10.414, publicado hoje (3) no Diário Oficial da União. Concedida no início de abril para aliviar o crédito a pessoas físicas e empresas afetadas pela pandemia do novo coronavírus, a redução

continue lendo

Publicado em: 1 de julho de 2020

Receita recebe 31,9 milhões de declarações enviadas no prazo

Encerrado o período de entrega da declaração de Imposto de Renda das Pessoas Físicas 2020, os sistemas da Receita Federal registraram 31.980.151 declarações até às 23h59m59s desta terça-feira, 30 de junho. Quem não entregou dentro do prazo, poderá fazê-lo a partir de, 1º de julho, mas já estará sujeito ao pagamento de multa mínima de

continue lendo

Publicado em: 30 de junho de 2020

Confiança do empresário de serviços cresce pelo segundo mês, diz FGV

O Índice de Confiança de Serviços, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 11,2 pontos de maio para junho deste ano e chegou a 71,7 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Essa foi a segunda alta consecutiva do indicador, que havia avançado 9,4 pontos em maio (na comparação com abril). Apesar de

continue lendo

Publicado em: 29 de junho de 2020

Boletim registra alta na venda de bens duráveis durante a pandemia

As vendas de áudio, vídeo e eletrodomésticos apresentaram um salto de 14% no mês de maio. Produtos de informática, telefonia, linha branca (como geladeira e fogão), celulares, televisores, móveis e colchões também mostraram tendência positiva após a forte queda nas vendas nos meses de março e abril. Os dados são do boletim conjuntural divulgado nesta

continue lendo

Publicado em:

Declaração IR encerra amanhã, se ainda não entregou ligue para o Orca Contabilidade

A declaração do Imposto de Renda Pessoa Física encerra nesta terça-feira (30), se você ainda não entregou ligue para o Orca Contabilidade, contamos com uma equipe especializada pronta para realizar a declaração 2020. Evite multas. Ligue aqui no Orca Contabilidade. Cascavel: (45) 3037-2439 Toledo: (45) 3055-2439

continue lendo

Publicado em:

Cerca de 5,3 milhões ainda não enviaram declaração de Imposto de Renda – Prazo termina nesta terça-feira (30)

Até as 10h de hoje (29), 26.735.917 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2020 foram recebidas pelos sistemas da Receita Federal. Faltando um dia para o fim do prazo, 5,3 milhões de contribuintes ainda não entregaram a declaração. A Receita espera receber este ano 32 milhões de documentos. A Receita alerta que os contribuintes não deixem

continue lendo

Publicado em: 15 de junho de 2020

Orca Contabilidade recebe recertificação ISO 9001:2015

O Orca Contabilidade recebeu, no mês de março o Auditor da Bureau Veritas Certification (BVC), William Cercal, que realizou auditoria externa confirmando que o Escritório continua de acordo com as normas da Certificação ISO 9001:2015. A ISO 9001:2015 A auditoria é realizada todo ano nos escritório de Toledo e na filial de Cascavel.  Em junho

continue lendo

Publicado em:

IR Imposto Solidário

Você sabia que empresas ou pessoas físicas podem doar parte do imposto de renda (IR) para instituições que desenvolvem ações de assistência e proteção a crianças e adolescentes? Pessoas físicas podem doar até 6% do imposto devido; as jurídicas, 1% do imposto ao Fundo da Infância e da Adolescência (FIA) e Fundo do Idoso. Ao

continue lendo

Publicado em: 1 de junho de 2020

Empresário Osmar Pereira receberá Medalha Willy Barth

O empresário Osmar Pereira, proprietário do Grupo Pereira será uma das personalidades homenageadas com a Medalha Willy Barth por ocasião das comemorações dos 68 anos de emancipação do Município de Toledo, em 14 de dezembro de 2020. Os vereadores aprovaram a proposição do nome de Osmar Pereira durante reunião realizada no dia 29 de abril,

continue lendo

Publicado em: 27 de Maio de 2020

Governo parcela imposto devido por substituição tributária no Paraná

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior assinou na terça-feira (26), decreto permitindo, excepcionalmente, o parcelamento de ICMS-ST devido por estabelecimentos inscritos no cadastro estadual como substitutos tributários. A medida se aplica aos fatos geradores ocorridos em março, abril e maio de 2020, inscritos ou não em dívida ativa. Com isso, o pagamento do imposto devido

continue lendo

Publicado em: 26 de Maio de 2020

Receita Federal já recebeu mais de 15,3 milhões de declarações do IRPF 2020

Até às 11h de segunda-feira (25/05) 15.371.381 declarações foram recebidas pelos sistemas da Receita Federal. De acordo com o supervisor nacional do IR, auditor-fiscal Joaquim Adir, a expectativa é de que 32 milhões de contribuintes entreguem declaração neste ano. Relembramos que o prazo de entrega da declaração é de 2 de março até 30 de junho

continue lendo

Publicado em: 8 de Maio de 2020

68,3% dos paranaenses pretendem presentear neste Dia das Mães

O Dia das Mães será comemorado no próximo domingo e uma sondagem feita pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR) revela que 68,3% dos paranaenses pretendem presentear nesta data. O percentual é bem menor do que o registrado no ano passado, quando 80% dos filhos planejavam comprar uma lembrança

continue lendo

Publicado em: 28 de Abril de 2020

Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante pandemia

Terminar o mês escolhendo quais boletos pagar. Essa virou a rotina de milhões de brasileiros que passaram a ganhar menos ou perderam a fonte de renda por causa da pandemia do novo coronavírus. Para reduzir o prejuízo, o governo adiou e até suspendeu diversos pagamentos esse período. Tributos e obrigações, como o recolhimento das contribuições

continue lendo

Publicado em: 15 de Abril de 2020

Agência de Fomento Paraná disponibiliza linha de crédito para micro e pequenas empresas

A Agência de Fomento Paraná, instituição financeira de economia mista organizada sob a forma de sociedade anônima de capital fechado com capital social majoritariamente pertencente ao Estado do Paraná, disponibilizou através de seu site http://www.fomento.pr.gov.br/ linhas de crédito emergencial de capital de giro destinadas à manutenção de salários e empregos em empreendimentos informais, MEI, Micro e Pequenas

continue lendo

Publicado em: 7 de Abril de 2020

Simples Nacional prorroga recolhimento de tributos

Para ajudar no enfrentamento dos problemas trazidos pela pandemia do coronavírus, o Comitê Gestor do Simples Nacional prorrogou por 90 dias o recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é estadual, e do Imposto sobre Serviços (ISS), municipal. O Governo do Paraná já havia adiado pelo mesmo período o ICMS apurado

continue lendo

Publicado em:

Caixa lança plataforma para solicitação do Auxílio Emergencial

O Auxílio Emergencial é um benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus – COVID 19. O benefício no valor de R$ 600,00 será pago por três meses, para até duas pessoas da

continue lendo

Publicado em: 1 de Abril de 2020

Santa Catarina retira autopeças do regime de substituição tributária

Entra em vigor a partir de hoje, 1º de abril de 2020, o Decreto nº 479/2020 assinado pelo Governador do Estado de Santa Catarina, Sr. Carlos Moisés da Silva (Comandante Moisés) que retira Santa Catarina dos Protocolos ICMS 41/2008 e 97/2010 que dispõem sobre a substituição tributária nas operações interestaduais com autopeças.   O que

continue lendo

Publicado em: 30 de Março de 2020

Governo prorroga prazo para declaração do IRPF – prazo encerra dia 30 de junho

O prazo para fazer a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) que iria encerrar no dia 30 de abril, foi prorrogado em dois meses. Os contribuintes que ainda não fizeram a declaração tem agora até o dia 30 de junho. De acordo com a Receita Federal até quarta-feia primeiro de abril, foram entregues

continue lendo

Publicado em: 27 de Março de 2020

Governo anuncia crédito de R$ 40 bi para pequenas e médias empresas quitarem folha de pagamento

O governo anunciou hoje (27) uma linha de crédito emergencial para ajudar pequenas e médias empresas a quitar a folha de pagamentos. O setor está entre os mais afetados pela crise gerada pela pandemia de covid-19. A estimativa é de liberação de R$ 40 bilhões. O anúncio foi feito em entrevista coletiva, no Palácio do

continue lendo

Publicado em:

Governador anuncia pacote de R$ 1 bilhão para preservar os empregos

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta sexta-feira (27) um conjunto de ações que somam R$ 1 bilhão para estimular a atividade econômica e preservar emprego e renda dos paranaenses. O valor está distribuído entre linhas de crédito para o setor produtivo e pequenos empreendedores, dilação de prazos de financiamentos das prefeituras e de

continue lendo

Publicado em:

Prazo final de entrega da declaração anual do MEI é prorrogado para 30 de junho

Por causa dos impactos da pandemia do Coronavírus (Covid-19), o prazo final para entrega da Declaração Anual Simplificada, referente a 2019, para o microempreendedor individual (MEI) foi prorrogado para 30 de junho de 2020. A medida, aprovada pelo Comitê Gestor do Simples Nacional, foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (26). Além disso, também foi

continue lendo

Publicado em: 26 de Março de 2020

Confira as medidas para redução do impacto do Coronavírus na economia do Brasil

O grupo de monitoramento dos impactos econômicos do coronavírus anunciou nos últimos dias medidas com ênfase nas políticas direcionadas às microempresas (ME) e a Empresas de Pequeno Porte (EPP) optantes pelo Simples Nacional. Conheça os itens dessas medidas 👇   MEDIDAS DE MITIGAÇÃO DOS IMPACTOS ECONOMICOS DO COVID-19 De acordo com o pronunciamento realizado pelo Ministro

continue lendo

Publicado em: 20 de Março de 2020

Pagamento dos tributos federais do Simples Nacional já está valendo

Os tributos federais relativos ao Simples de março, abril e maio ganharam um prazo maior de seis meses para pagamento O pagamento dos tributos federais do Simples Nacional foi prorrogado. Desta forma, o acerto referente aos meses de março, abril e maio deste ano ficou postergado para outubro, novembro e dezembro, respectivamente. Essa é uma

continue lendo

Publicado em:

Coronavírus, saiba como se prevenir

continue lendo

Publicado em: 19 de Março de 2020

Suspensão do atendimento presencial nos escritórios de Cascavel e Toledo

⚠⚠⚠ COMUNICADO IMPORTANTE⚠⚠⚠   Em atendimento ao Decreto nº 15.313 do Município de Cascavel e ao Decreto nº 754 do Município de Toledo, ambos expedidos em 19 de março de 2020, informamos que o atendimento presencial nos escritórios de Cascavel e Toledo estão suspensos pelos prazos determinados nos respectivos decretos a partir de amanhã, 20

continue lendo

Publicado em: 4 de Março de 2020

Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física – IRPF 2020

O Orca Contabilidade tem nos escritórios de Toledo e Cascavel profissionais especializados para ajudar você a realizar a declaração do IRPF 2020 de forma tranquila e com segurança. Agende seu horário e traga seus documentos.   O mês de março chegou e como todos os anos é a hora de fazer a Declaração do Imposto

continue lendo

Publicado em: 1 de Março de 2020

Novas alíquotas da Previdência Social entram em vigor neste domingo

As novas alíquotas aprovadas na reforma da Previdência entram em vigor hoje (1º) e começam a ser aplicadas sobre o salário de março, pago geralmente em abril. No Regime Geral de Previdência Social (RGPS), as novas alíquotas valerão para contribuintes empregados, inclusive para empregados domésticos, e para trabalhadores avulsos. Não haverá mudança, contudo, para os

continue lendo

Publicado em:

Cartão de crédito passa a usar cotação do dólar do dia da compra

Quem usa o cartão de crédito no exterior vai poder calcular com mais precisão o custo das compras internacionais. Entra em vigor hoje (1º) determinação do Banco Central (Circular nº 3918) que obriga as operadoras de cartão a usar a cotação do dólar do dia da compra – e não mais a do dia de vencimento da fatura – para

continue lendo

Publicado em:

Intenção de Consumo das Famílias (ICF) segue elevada no Paraná

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) se mantém elevada no Paraná. O indicador, aferido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), marca 115 pontos em fevereiro, com variação mensal de 0,2%. A pontuação também é semelhante

continue lendo

Publicado em: 21 de Fevereiro de 2020

Cinco dicas para desenvolver os talentos de um grande líder

Papel do líder é fundamental para o sucesso do negócio, pois ele é responsável por conduzir a empresa a um novo patamar. Um bom líder é aquele que vai guiar seu time de colaboradores para alcançar os objetivos da empresa. Ele deve ser capaz de desenvolver os talentos e as competências da sua equipe e despertar

continue lendo

Publicado em: 6 de Fevereiro de 2020

Orca Contabilidade comemora 26 anos de fundação

No mês de Janeiro o Orca Contabilidade comemorou 26 anos de fundação. O sucesso do escritório, as conquistas, os desafios ao longo dos anos foram compartilhados com toda a família Orca Contabilidade. “O sonho de todo empreendedor ao abrir uma empresa é atingir o sucesso, e nós há 26 anos decidimos começar um pequeno negócio,

continue lendo

Publicado em: 30 de Janeiro de 2020

Novo salário mínimo estadual entra em vigor

O salário mínimo regional para 2020 entrou em vigor nesta sexta-feira (24), com data retroativa para 1º de janeiro. O decreto número 3909/20, que oficializa os novos valores, foi assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pelo secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, no Palácio Iguaçu. As novas faixas salariais variam de

continue lendo

Publicado em:

IGP-M acumula taxa de 7,81% em 12 meses, diz FGV

 O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, acumula taxa de inflação de 7,81% em 12 meses. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), a taxa é superior aos 6,74% registrados em janeiro do ano passado. O IGP-M teve inflação de 0,48% em janeiro deste ano, taxa inferior aos

continue lendo

Publicado em: 22 de Janeiro de 2020

Confira a ganhadora da camisa 2020 do FC Cascavel

Parabéns Michelli Magnagnagno. Você é a ganhadora da camisa 2020 do FC Cascavel.   A camisa já está disponível no nosso escritório de Cascavel. É só passar lá, tirar aquela foto pras redes sociais e ir pro estádio torcer!     Obrigado por participar e parabéns.   Equipe Orca Contabilidade Cascavel

continue lendo

Publicado em: 19 de Janeiro de 2020

Veja o ganhador do sorteio da camisa 2020 do TEC

Parabéns Maria e obrigado a todos por participarem.     Muito obrigado pela participação e em breve teremos mais sorteios de camisas. Obrigado. Equipe Orca Contabilidade

continue lendo

Publicado em: 15 de Janeiro de 2020

Pendência de IPVA 2020 inviabiliza opção pelo Simples Nacional – Prazo para adesão termina dia 31 de janeiro

O prazo para adesão ao regime tributário do Simples Nacional, ano-calendário 2020, termina no dia 31 deste mês de janeiro. Para não ter negada a opção, a empresa não pode apresentar qualquer pendência cadastral ou fiscal, entre elas o recolhimento do IPVA. De acordo com o gerente do Simples Nacional, setor da Secretaria da Fazenda,

continue lendo

Publicado em:

Receita paga hoje as restituições do lote residual de janeiro do IRPF

A Receita Federal paga nesta quarta-feira (15) as restituições do lote residual do Imposto de Renda Pessoa Física de janeiro. O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração. Ao todo, serão desembolsados R$ 725 milhões para declarações de 2008 a 2019, beneficiando 185.891 contribuintes que estavam na malha fina, mas regularizaram as pendências com

continue lendo

"OPÇÃO EM QUALIDADE"
ISO 9001:2015

TOLEDO

Rua Ledoino José Biavatti,
1606, Vila Industrial - Toledo - Paraná
+55 45 3055-2439 / 98411-0686 (Whatsapp)

CASCAVEL

Rua São Paulo, 1185 - Centro Comercial
4 Estações | Sala 8 – Cascavel - Paraná
Cep 85801-020
+ 55 45 3037-2439 / 99919-0568 (Whatsapp)

E-mail Geral:
contato@orcacontabilidade.com.br
Assessoria de Imprensa:
imprensa@orcacontabilidade.com.br

Trabalhe conosco

Cadastre seu CV no nosso
banco de talentos. Clique aqui.

Contato