Blog Orca Contabilidade


Publicado em: 16 de setembro de 2019

Saiba se sua empresa pode ser excluída do Simples Nacional

Instituída através da Lei Complementar 123/2006, o Simples Nacional é uma forma simplificada de tributação que visa ajudar e agilizar a cobrança de impostos de microempresas e empresas de pequeno porte no Brasil.

Para a manutenção deste modelo tributário, no entanto, as empresas precisam estar regular em relação às regras estabelecidas na Seção VIII – DA EXCLUSÃO DO SIMPLES NACIONAL da lei.
Neste mês de setembro de 2019, foi divulgado no Diário Oficial da União que empresas foram excluídas do Simples Nacional por não obedecerem o inciso IX do artigo 29 da lei que estabele que as empresas não podem apresentar valor de despesas pagas superior a 20% de seu faturamento.
 
Efeitos da exclusão
 
Os efeitos da exclusão ocorrerão a partir do período que ocorreu a irregularidade, impedindo a opção pelo Simples Nacional pelos 3 (três) anos-calendário seguintes, conforme dispõe o inciso IV do art. 84, da Resolução CGSN nº 140, de 2018.
 
Para saber mais sobre o assunto veja o artigo de Anderson Possebon abaixo ⬇ ou acesse a Lei Complementar 23/2016 aqui.

 

Situações de Exclusão do Simples Nacional

 

1. Introdução

A pessoa jurídica que utilizar a opção tributária do Simples Nacional regido pela Lei Complementar 123/2006, Resolução CGSN 94/2011 e suas alterações deve observar as condições impeditivas para aderir a esta forma de tributação. Mesmo após o benefício concedido deverá ter ciência das situações que possam excluí-la desta forma de tributação.

 

Trataremos a seguir as situações que podem excluir uma empresa tributa no Simples Nacional.

 

2. Exclusão do Simples Nacional por excesso de faturamento

Entre os impedimentos para o Simples Nacional está o excesso de faturamento. O limite de faturamento para permanecer nesta forma de tributação é de R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais) para empresas constituídas em anos anteriores ou para empresas com início no próprio ano calendário o limite será de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) multiplicados pelo número de meses entre sua constituição e final do ano calendário.

2.1. Exclusão para empresas constituídas em anos anteriores

A empresa que durante o ano-calendário ultrapassar o limite de R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais) deverá majorar sua alíquota em 20% e recolher nesta forma até o final do ano calendário.

Exemplo: se a ultima alíquota era 10% passa a ser 12% (majorada em 20%). A partir de janeiro do ano-calendário seguinte a empresa deve verificar outra forma de tributação em que melhor se enquadre, ou seja, Lucro Real ou Lucro Presumido.

2.2. Exclusão para empresas constituídas no próprio ano calendário

Para empresa constituída no próprio ano-calendário o limite a ser verificado é R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) multiplicados pelo número de meses compreendidos entre o início de atividade e o final do ano-calendário, considerando fração de mês como um mês inteiro. Não retroagirá a exclusão ao início de suas atividades se o excesso verificado em relação a receita bruta não for superior a 20% (vinte por cento) dos respectivos limites, hipótese em que os efeitos da exclusão dar-se-ão no ano calendário subsequente.

 

3. Exclusão por Atividades

A Lei Complementar 123/2006 (com alterações da Lei Complementar 139/2011) cita como impedimento a esta forma de tributação, o desenvolvimento de atividades de banco comercial, de investimentos e desenvolvimentos, de caixa econômica, de sociedades de crédito, financiamento e investimentos ou de crédito imobiliário, de corretora ou distribuidora de títulos, de valores mobiliários e câmbio, de empresa de arrendamento mercantil, seguros privados e de capitalização ou de previdência complementar.

Outras atividades também impeditivas estão classificadas na Resolução CGSN 94/2011.

A pessoa jurídica a qual tenha como atividade principal ou secundária alguma das atividades da Lei Complementar ou Resolução citada, não poderá aderira tributação na forma do Simples Nacional. Quando já tributada no Simples Nacional e em alteração contratual incluir alguma dessas atividades deverá proceder da seguinte forma:

Informar sobre o fato impeditivo à Receita Federal, obrigatoriamente até o último dia útil do mês subsequente ao da ocorrência da situação da vedação. A exclusão produzirá efeitos a partir do mês seguinte ao da ocorrência da situação impeditiva.

 

4. Exclusão por sócio Pessoa Jurídica

O quadro societário de empresa tributada no Simples Nacional não pode ser composto por outra pessoa jurídica. Quando a pessoa jurídica estiver nesta condição não poderá optar por esta forma de tributação, porém se já estiver assim tributada e alterar sua quadro societário, deverá ser excluída do Simples Nacional.

Empresa tributada no Simples Nacional também não pode participar do quadro societário de outra pessoa jurídica.

Quando a empresa se enquadrar nesta situação deve informar sobre a exclusão à Receita Federal até o ultimo dia útil do mês subsequente ao da ocorrência da situação de vedação. Os efeitos da exclusão devem ser considerados a partir do mês seguinte ao da ocorrência da situação impeditiva (Inciso IV Art. 6. da Resolução CGSN 15/2007).

 

5. Empresa com Débitos

A pessoa jurídica no ato da solicitação do Simples Nacional não poderá apresentar débitos com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ou com as Fazendas Públicas Federal, Estadual ou Municipal, cuja exigibilidade não esteja suspensa. O fato de haver débitos pendentes é uma questão que pode excluir a empresa deste regime de tributação.

 

6. Impedimentos condicionados a participação de sócios

Será questão de impedimento ao ingresso ou situação de exclusão no Simples Nacional a pessoa jurídica que:

I – Cujo capital participe pessoa física que seja inscrita como empresário ou seja sócia de outra empresa que receba tratamento jurídico diferenciado nos termos da Lei Complementar nº 123, de 2006, desde que a receita bruta global ultrapasse o limite de R$ 3.600.000,00;

II – Cujo titular ou sócio participe com mais de 10% (dez por cento) do capital de outra empresa não beneficiada pela Lei Complementar nº 123, de 2006, desde que a receita bruta global ultrapasse o limite de R$ 3.600.000,00;

III – Cujo sócio ou titular seja administrador ou equiparado de outra pessoa jurídica com fins lucrativos, desde que a receita bruta global ultrapasse o limite de R$ 3.600.000,00;

IV – Que tenha sócio domiciliado no exterior;

 

7. Exclusão por Ofício

A exclusão do Simples Nacional por ofício ocorrerá nas seguintes hipóteses:

I – verificada a falta de comunicação de exclusão obrigatória;

II – for oferecido embaraço à fiscalização, caracterizado pela negativa não justificada de exibição de livros e documentos a que estiverem obrigadas, bem como pelo não fornecimento de informações sobre bens, movimentação financeira, negócio ou atividade que estiverem intimadas a apresentar, e nas demais hipóteses que autorizam a requisição de auxílio da força pública;

III – for oferecida resistência à fiscalização, caracterizada pela negativa de acesso ao estabelecimento, ao domicílio fiscal ou a qualquer outro local onde desenvolvam suas atividades ou se encontrem bens de sua propriedade;

IV – a sua constituição ocorrer por interpostas pessoas;

V – tiver sido constatada prática reiterada de infração;

VI – a ME ou a EPP for declarada inapta;

VII – comercializar mercadorias objeto de contrabando ou descaminho;

VIII – houver falta de escrituração do livro-caixa ou não permitir a identificação da movimentação financeira, inclusive bancária;

IX – for constatado que durante o ano-calendário o valor das despesas pagas supera em 20% (vinte por cento) o valor de ingressos de recursos no mesmo período, excluído o ano de início de atividade;

X – for constatado que durante o ano-calendário o valor das aquisições de mercadorias para comercialização ou industrialização, ressalvadas hipóteses justificadas de aumento de estoque, for superior a 80% (oitenta por cento) dos ingressos de recursos no mesmo período, excluído o ano de início de atividade.

XI – for constatado, quando do ingresso no Regime do Simples Nacional, que a ME ou a EPP incorria em alguma das hipóteses de vedação;

XII – for constatada declaração inverídica prestada;

XIII – não emitir documento fiscal de venda ou prestação de serviço;

XIV – omitir da folha de pagamento da empresa ou de documento de informações previsto pela legislação previdenciária, trabalhista ou tributária, segurado empregado, trabalhador avulso ou contribuinte individual que lhe preste serviço.

XV – houver descumprimento, no caso dos escritórios de serviços contábeis, das obrigações de promover atendimento gratuito relativo à inscrição e à primeira declaração anual simplificada do micro empreendedor individual.

 

8. Outras situações que Condicionam a Pessoa Jurídica como Impeditiva

I – A empresa quando resultante ou remanescente de cisão ou qualquer outra forma de desmembramento de pessoa jurídica que tenha ocorrido em um dos 5 (cinco) anos-calendário anteriores;

II – constituída sob a forma de sociedade por ações.

III – que tenha por finalidade a prestação de serviços decorrentes do exercício de atividade intelectual, de natureza técnica, científica, desportiva, artística ou cultural, que constitua profissão regulamentada ou não, bem como a que preste serviços de instrutor, de corretor, de despachante ou de qualquer tipo de intermediação de negócios;

IV – que realize cessão ou locação de mão-de-obra;

V – que realize atividade de consultoria;

VI – que se dedique ao loteamento e à incorporação de imóveis.

VII – que realize atividade de locação de imóveis próprios, exceto quando se referir a prestação de serviços tributados pelo ISS.

 

Tão importante quanto atender as normas para aderir, é atender as normas para permanecer no Simples Nacional.

 

Elaborado por: Anderson Possebon. Contador e Consultor Tributário.


Posts Recentes


Publicado em: 19 de Janeiro de 2020

Veja o ganhador do sorteio da camisa 2020 do TEC

Parabéns Maria e obrigado a todos por participarem.     Muito obrigado pela participação e em breve teremos mais sorteios de camisas. Obrigado. Equipe Orca Contabilidade

continue lendo

Publicado em: 15 de Janeiro de 2020

Pendência de IPVA 2020 inviabiliza opção pelo Simples Nacional – Prazo para adesão termina dia 31 de janeiro

O prazo para adesão ao regime tributário do Simples Nacional, ano-calendário 2020, termina no dia 31 deste mês de janeiro. Para não ter negada a opção, a empresa não pode apresentar qualquer pendência cadastral ou fiscal, entre elas o recolhimento do IPVA. De acordo com o gerente do Simples Nacional, setor da Secretaria da Fazenda,

continue lendo

Publicado em:

Receita paga hoje as restituições do lote residual de janeiro do IRPF

A Receita Federal paga nesta quarta-feira (15) as restituições do lote residual do Imposto de Renda Pessoa Física de janeiro. O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração. Ao todo, serão desembolsados R$ 725 milhões para declarações de 2008 a 2019, beneficiando 185.891 contribuintes que estavam na malha fina, mas regularizaram as pendências com

continue lendo

Publicado em: 2 de Janeiro de 2020

Multa adicional de 10% do FGTS será extinta a partir de primeiro de janeiro

A partir de 1º de janeiro, os empregadores deixarão de pagar a multa adicional de 10% do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em demissões sem justa causa. A taxa foi extinta pela lei que instituiu o saque-aniversário e aumentou o saque imediato do FGTS, sancionada no dia 12 pelo presidente Jair Bolsonaro. A multa extra aumentava,

continue lendo

Publicado em:

Salário mínimo será de R$ 1.039 em 2020

O presidente Jair Bolsonaro editou medida provisória (MP) que aumenta o salário mínimo de R$ 998 para em R$ 1.039 a partir desta quarta-feira (1º). O novo valor corresponde ao reajuste da inflação do ano, que encerrou 2019 em 4,1%, segundo o Índice Nacional do Preços ao Consumidor (INPC), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia

continue lendo

Publicado em:

Confiança empresarial sobe 1,5 ponto e atinge maior nível do ano

O Índice de Confiança Empresarial, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 1,5 ponto em dezembro de 2019, para 97,1 pontos. Este é o maior nível do índice desde janeiro, fechando o ano com um saldo acumulado positivo em 1,2 ponto, em uma escala de zero a 200 pontos. Os dados foram divulgados na quinta-feira (2). O levantamento

continue lendo

Publicado em:

Orca Contabilidade realiza festa de confraternização

O Orca Contabilidade reuniu colaboradores e seus familiares da matriz Toledo e da filial Cascavel para uma grande festa de confraternização de final de ano em evento realizado em Toledo.   A festa realizada no mês de dezembro já é uma tradição da empresa e contou com muita comida, bate papo descontraído, troca de presentes

continue lendo

Publicado em:

Bem-vindo ao Orca Contabilidade 2020

Assim diz o ditado: “Ano novo, vida nova…”   E assim acreditamos mais uma vez… Ano novo, novos projetos, novas ideias, novos encontros… Entramos em 2020 com a sensação que este ano será um dos melhores dos últimos tempos.   Temos recebido com muita alegria bons resultados e notícias dos negócios de nossos clientes o

continue lendo

Publicado em: 30 de dezembro de 2019

Empresas simples de crédito superam as expectativas e chegam a 530 negócios abertos em nove meses

O número de Empresas Simples de Crédito (ESC), criadas entre abril e dezembro deste ano, superou a expectativa, totalizando 538 unidades em 24 estados e no Distrito Federal, conforme levantamento realizado pelo Sebrae. Inicialmente, era esperada a abertura de 300 ESC para todo o ano de 2019, mas a soma já foi ultrapassada. A meta

continue lendo

Publicado em:

Limite de juros para cheque especial começa a valer no dia 6

Modalidade de crédito com taxas que quadruplicam uma dívida em 12 meses, o cheque especial terá juros limitados a partir da próxima segunda-feira (6). Os bancos não poderão cobrar taxas superiores a 8% ao mês, o equivalente a 151,8% ao ano. A limitação dos juros do cheque especial foi decidida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) no fim de novembro. Os

continue lendo

Publicado em:

Franciele Balena recebe homenagem pelos 10 anos de Orca Contabilidade

No mês de dezembro, os diretores do Orca Contabilidade da matriz Toledo, Celso Lopes da Silva e Neiva Maria Theobald e de Cascavel, Juceli Stefanski, homenagearam a colaboradora Franciele Balena que completou 10 anos de Orca Contabilidade em Cascavel. “No mundo de hoje, em que as relação são cada vez mais superficiais, em que impera

continue lendo

Publicado em: 4 de dezembro de 2019

Lojistas de Toledo e Cascavel estão otimistas para as vendas de Natal

Faltam poucos dias para o Natal e o comércio de Toledo e Cascavel já estão preparados para atender os consumidores. São roupas, calçados, perfumes/cosméticos, eletrodomésticos, eletrônicos, decoração, brinquedos e uma infinidade de produtos para presentear, filhos, mãe, pai, afilhados, irmãos, amigos e muito mais. As decorações natalinas espalhadas pelas cidades e nas vitrines das lojas

continue lendo

Publicado em: 3 de dezembro de 2019

CNC revisa projeção de crescimento do PIB de 2019 para 1,2%

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) revisou a projeção de crescimento para este ano do Produto Interno Bruto (PIB, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país) de 1% para 1,2%. De acordo com as Contas Nacionais, divulgadas dia (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia

continue lendo

Publicado em: 2 de dezembro de 2019

Região Oeste se destaca na geração de empregos no Paraná

Impulsionado pelo setor de serviços e a indústria de transformação, o Oeste paranaense vem se destacando na geração de empregos no Estado. De acordo com levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), vinculado ao Ministério da Economia, a região abriu 9.172 postos no acumulado de janeiro a outubro deste ano. O número representa

continue lendo

Publicado em: 22 de novembro de 2019

Utilização da capacidade da indústria atinge maior nível desde 2014

A utilização da capacidade instalada da indústria brasileira aumentou 1 ponto percentual em relação a setembro e alcançou 70% em outubro, o maior nível desde novembro de 2014, quando foi de 73%, informa a Sondagem Industrial, divulgada nesta sexta-feira (22) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).   “A maior utilização da capacidade instalada é fundamental

continue lendo

Publicado em:

É hora da Black Friday: confira cinco dicas para preparar sua empresa

A temporada de descontos mais aguardada do ano se aproxima. Em 2019, a Black Friday será oficialmente comemorada no dia 29 de novembro, mas muitos lojistas oferecem condições especiais por maior período. Mais do que a queima de estoque de produtos, a data é uma grande oportunidade para que empreendedores vendam mais, divulguem suas marcas

continue lendo

Publicado em:

Caged registra criação de 70,8 mil postos de trabalho em outubro

Beneficiada pelo comércio e pelos serviços, a criação de empregos com carteira assinada registrou, em outubro, o sétimo mês seguido de desempenho positivo. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, 70.852 postos formais de trabalho foram criados no último mês. O indicador mede

continue lendo

Publicado em: 11 de novembro de 2019

Bolsonaro assina medida provisória que extingue o Dpvat

O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (11) medida provisória (MP) extinguindo, a partir de 1º de janeiro de 2020, o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por veículos automotores de via terrestre, o chamado Dpvat. De acordo com o governo, a medida tem por objetivo evitar fraudes e amenizar os custos de supervisão e de

continue lendo

Publicado em: 31 de outubro de 2019

Paraná é o estado que mais gerou empregos no Sul em agosto

O Paraná teve um saldo positivo de 8.726 novas vagas formais de trabalho em agosto, chegando à marca de 49.704 empregos no acumulado do ano. Os números consolidam o Estado como um dos principais polos empregadores do País em 2019, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (25). As

continue lendo

Publicado em:

Copom reduz juros básicos para 5% ao ano, o menor nível da história

Pela terceira vez seguida, o Banco Central (BC) diminuiu os juros básicos da economia. Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu a taxa Selic para 5% ao ano, com corte de 0,5 ponto percentual. A decisão era esperada pelos analistas financeiros. Com a decisão do dia 30 de outubro, a Selic está no menor

continue lendo

Publicado em: 24 de outubro de 2019

Entenda as principais mudanças com aprovação da reforma da Previdência

Depois de oito meses de tramitação no Congresso Nacional, o Plenário do Senado concluiu, no início da tarde de quarta-feira (23), a votação em segundo turno da proposta de emenda à Constituição (PEC) que reforma a Previdência. O texto principal havia sido aprovado ontem (22) à noite. Os dois primeiros destaques foram rejeitados, mas a votação do último

continue lendo

Publicado em: 18 de outubro de 2019

Governo edita MP do Contribuinte Legal para estimular regularização de dívidas junto à União

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou na quarta-feira (16/10), em cerimônia no Palácio do Planalto, a Medida Provisória (MP) do Contribuinte Legal. A MP, foi publicada no Diário Oficial da União de (17/10), estimula a regularização e a resolução de conflitos fiscais entre a Administração Tributária Federal e os contribuintes com débitos junto à União,

continue lendo

Publicado em: 17 de outubro de 2019

Presidente assina decreto que regulamenta modalidades de trabalho temporário

Um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro regulamentou situações específicas de trabalho temporário. O objetivo é modernizar a legislação e levar segurança jurídica aos empregadores para estimular a geração de emprego. O decreto foi publicado na edição de terça-feira (15) do Diário Oficial da União e regulamenta a Lei 6.019, de 3 de janeiro de 1974. O contrato de

continue lendo

Publicado em:

Caixa e BB iniciam nova fase de pagamento do PIS/Pasep

O abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) do calendário 2019/2020 começa a ser pago nesta quinta-feira (17) para os beneficiários nascidos em outubro e servidores públicos com final de inscrição 03. A Caixa Econômica Federal é responsável pelo pagamento do abono salarial do PIS.

continue lendo

Publicado em: 9 de outubro de 2019

STF anula cobrança automática imposta em dissídio coletivo

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF, anulou em medida cautelar (decisão provisória) cláusulas de dissídio coletivo homologado pelo TRT-2 (Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo) que previam o desconto em folha das contribuições sindicais e assistenciais. O dissídio foi acertado pelo tribunal em agosto, após acordo entre o Sinddpd (sindicato dos empregados das categorias

continue lendo

Publicado em: 8 de outubro de 2019

Receita libera consulta ao quinto lote de restituição do IR

A partir das 9 horas desta terça-feira (8), estará disponível para consulta o quinto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física  (IRPF) 2019. O lote de restituição inclui também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. O crédito bancário para 2.703.715 contribuintes será realizado no dia 15 de outubro, totalizando R$ 3,5

continue lendo

Publicado em:

Equipe de Tênis de Mesa de Toledo conquista bons resultados nos Jogos da Juventude do Paraná

Orca Contabilidade tem orgulho em apoiar do Tênis de Mesa de Toledo e parabeniza os atletas pelos resultados conquistados no campeonato mais importante do Paraná Foi realizado no mês de setembro em Londrina, a Fase Final dos Jogos da Juventude do Paraná. Toledo foi representado na modalidade de Tênis de Mesa, pelos atletas no masculino:

continue lendo

Publicado em: 24 de setembro de 2019

Carteira de Trabalho Digital entra em vigor

Os brasileiros passam a contar, a partir desta terça-faira (24), com a Carteira de Trabalho Digital, documento totalmente em meio eletrônico e equivalente à antiga Carteira de Trabalho e Previdência Social física. Segundo a Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, a mudança vai assegurar facilidades para trabalhadores e empregados, com redução da burocracia e

continue lendo

Publicado em: 17 de setembro de 2019

Governador e Moro discutem reforço da segurança na fronteira

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, se encontraram nesta segunda-feira (16), no Palácio Iguaçu, para discutir detalhes da implementação do primeiro escritório de inteligência integrado na fronteira de Foz do Iguaçu, chamado Projeto Fusion. A iniciativa deve começar as atividades até o fim do

continue lendo

Publicado em: 16 de setembro de 2019

Crescimento econômico em Cascavel – Projeto de Fomento à produção é sancionado na ACIC

O setor produtivo de Cascavel tem tudo para dar um salto nos próximos anos. Isso se deve à confirmação, na noite de quinta-feira, na Acic, da Lei de Fomento à Produção. A Lei 7.025, de 28 de agosto de 2019, foi sancionada pelo prefeito Leonaldo Paranhos em ato que contou com a participação de líderes

continue lendo

Publicado em:

Receita libera pagamento do 4º lote de restituição do IR 2019

A Receita Federal libera nesta segunda-feira  (16) o pagamento do quarto lote de restituição do Imposto de Renda 2019. O crédito bancário será feito para 2.819.522 contribuintes, no valor total de R$3,5 bilhões. Segundo a Receita Federal, o dinheiro será depositado nas contas dos contribuintes. O lote também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008

continue lendo

Publicado em:

Saiba se sua empresa pode ser excluída do Simples Nacional

Instituída através da Lei Complementar 123/2006, o Simples Nacional é uma forma simplificada de tributação que visa ajudar e agilizar a cobrança de impostos de microempresas e empresas de pequeno porte no Brasil. Para a manutenção deste modelo tributário, no entanto, as empresas precisam estar regular em relação às regras estabelecidas na Seção VIII –

continue lendo

Publicado em: 11 de setembro de 2019

Produção da indústria do Paraná tem o maior crescimento do País

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados na terça-feira (10) indicam que o Paraná registrou o maior índice de crescimento na produção industrial do País neste ano. Entre janeiro e julho o percentual acumulado foi de 7,2%, à frente dos quinze locais pesquisados (dez tiveram variação negativa) e do índice nacional, que

continue lendo

Publicado em:

Paraná retira 60 mil itens do regime de Substituição Tributária

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta terça-feira (10) decreto determinando a retirada de mais de 60 mil itens do setor de alimentos do regime de Substituição Tributária (ST). A medida entrará em vigor a partir de 1º de novembro e vai beneficiar o setor produtivo,  garantindo mais competitividade às empresas paranaenses. A solenidade

continue lendo

Publicado em: 4 de setembro de 2019

Código de benefício fiscal na NF-e e na NFC-e

A Secretaria de Estado da Fazenda do Estado do Paraná emitiu em 28 de agosto o Boletim Informativo nº 026/2019 que confirma a obrigatoriedade de validação do código de benefício fiscal nas notas.   Para todos os clientes que necessitem de auxílio na emissão das notas e inclusão do código de benefício fiscal correto, entrem em

continue lendo

Publicado em: 29 de agosto de 2019

Nossa homenagem para a contadora Vani Keli que há 12 anos está no Orca Contabilidade

O Orca Contabilidade tem orgulho e satisfação em contar com uma equipe de colaboradores especialistas em todas as áreas contábeis, profissionais realmente engajados, determinados, que efetivamente contribuem para o crescimento da empresa, dos clientes e do País. É com alegria que a empresa presta homenagem neste mês de Agosto para a contadora Vani Keli Martini,

continue lendo

Publicado em:

Produção industrial do Paraná tem melhor primeiro semestre em nove anos

A produção industrial paranaense cresceu 7,8% no primeiro semestre de 2019, melhor resultado dos primeiros seis meses nos últimos nove anos, aponta o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O índice é bem superior ao mesmo período de 2018, quando houve crescimento de apenas 0,2% no setor, e aponta para uma retomada depois das

continue lendo

Publicado em: 28 de agosto de 2019

Prazo para DITR encerra dia 30 de setembro

Orca Contabilidade está preparado para tirar todas as dúvidas e realizar a declaração do ITR Encerra no dia 30 de setembro o prazo para a Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR) referente ao exercício de 2019. De acordo com a Receita Federal, está obrigada a apresentar a declaração a pessoa física ou

continue lendo

Publicado em: 23 de agosto de 2019

Saiba mais sobre a MP da Liberdade Econômica, o Orca Contabilidade está a disposição para tirar todas suas dúvidas sobre o assunto!

Entenda as principais mudanças da MP da Liberdade Econômica Aprovada no dia (21/08) pelo Senado, a Medida Provisória (MP) da Liberdade Econômica pretende, segundo o governo, diminuir a burocracia e facilitar a abertura de empresas, principalmente de micro e pequeno porte. Na votação os senadores retiraram do texto três artigos que alteravam o trabalho aos

continue lendo

Publicado em: 19 de agosto de 2019

Previsão de crescimento econômico aumenta; estimativa de inflação cai

O mercado financeiro aumentou a projeção para o crescimento da economia e reduziu a estimativa de inflação para este ano. Segundo o boletim Focus, pesquisa divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), a previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país

continue lendo

"OPÇÃO EM QUALIDADE"
ISO 9001:2015

TOLEDO

Rua Ledoino José Biavatti,
1606, Vila Industrial - Toledo - Paraná
+55 45 3055-2439 / 98411-0686 (Whatsapp)

CASCAVEL

Rua São Paulo, 1185 - Centro Comercial
4 Estações | Sala 8 – Cascavel - Paraná
Cep 85801-020
+ 55 45 3037-2439 / 99919-0568 (Whatsapp)

E-mail Geral:
contato@orcacontabilidade.com.br
Assessoria de Imprensa:
imprensa@orcacontabilidade.com.br

Trabalhe conosco

Cadastre seu CV no nosso
banco de talentos. Clique aqui.

Contato